Prato Cheio: Pomodoro Café

Dayw Villar sex, 20/06/2014 - 17:39

A comida italiana com toques do tempero brasileiro fazem sucesso no menu do charmoso Pomodoro Café, em Casa Forte. Lá, a expertize do chef Duca Lapenda dá o tom ideal para as delícias da gastronomia italiana. Tudo foi pensado nos mínimos detalhes: do projeto - assinado pelo arquiteto Maurício Almeida - aos itens de padaria e embutidos produzidos pela própria casa. Sabor é o que não falta, muito menos lugares - o Pomodoro comporta 100 comensais na área interna e mais 16 na área externa. O clima da casa é descontraído, ambiente amplo e com toques de arte. Além de degustar os pratos, os clientes podem ainda 'consumir' a arte, já que as paredes do Pomodoro estão recheadas de obras de artistas pernambucanos, como George Barbosa.
@
A fartura da tradição italiana transborda pelo menu da casa. A começar da saborosa Bruschetta de tomates frescos, azeite e manjericão (R$ 18), uma das entradas mais pedidas da casa, seguidas do Polpettini parmigiana (R$32). Para o período junino, Duca preparou um nhoque a base de milho, acompanhado com um ragu de linguiça matuta (R$29), outras opções de prato principal são o Paillard, um filet mignon servido com fettuccine em creme de manteiga e parmesão (R$42), e os Camarões com fettuccine e brócolis (R$45). Lembrando que, especialmente para o almoço, o Pomodoro oferece pratos especiais, indicados pelo chef, por R$24,90. As delícias da casa não ficam só 'na Itália', vale a pena saborear o Waffle Belga, com uma massa leve, com cristais de açúcar, sorvete de pistache e calda de chocolate (R$25).
@
Para harmonizar, a adega da casa é recheada de rótulos italianos, franceses, portugueses, chilenos, argentinos e brasileiros - tanto do Sul quanto do Vale do São Francisco. São mais de 60 rótulos.
@
O Pomodoro Café fica na Rua Alfredo Fernandes, 77, no bairro de Casa Forte e abre de terça à quinta, das 12h às 15h para o almoço e das 19h às 00h para o jantar; de sexta à domingo, o almoço vai das 12h às 16h, e o jantar, das 19h às 1h - com excessão para o domingo que vai até às 23h. As reservas podem ser feitas pelo telefone 81 3314-0530.

veja a galeria completa

Prato Cheio: Mingus

Dayw Villar sex, 13/06/2014 - 12:24

Com quase 15 anos, o restaurante Mingus, pilotado por Nicola Sultanum, tem uma receita mágica de sucesso. Começando pelo ambiente aconchegante e sofisticado, que mescla bem a personalidade de Nicola, que também é músico, com instrumentos pendurados no teto e nas paredes, e um embalo musical de primeira. O Mingus não é só generoso na culinária, o espaço é dividido em três salões e comporta até 100 pessoas. O desenho dos cômodos do Mingus é assinado pelos arquitetos da ArqMulti. A cozinha da casa é bem brasileira e saborosa, mistura elementos das várias culturas do nosso País.
@
O cardápio está recheado de delícias. Anota as dicas! Para entrada, que tal um harumaki de paleta de cordeiro com molho agridoce (R$ 36)? Outra boa pedida é o tartar de salmão com maionese de wasabi (R$ 36). O carro chef da casa fica por conta dos saborosos camarões empanados perfumados no risoto de shiitake (R$72) e do ragu de paleta de cordeiro com polenta mole e gran padan (R$39). De sobremesa, o destaque vai para o leve espumone de queijo com goiabada (R$32) e do red velvet cake com chantilly de creme cheese. O leque de drinks da casa também é vasto. Ótimas opções são as caipiroscas, como a de uva com kiwi (R$18). No espaço ainda tem uma adega com rótulos de vinhos e espumantes do Novo e do Velho Mundo.
@
O Mingus fica na Rua do Atlântico, numero 120, no Pina e opera para almoço e jantar. De terça a quinta, o almoço rápido tem menu fechado com duas opções de pratos principais, servidos das 12h às 15h, e de sexta a domingo, das 12h30 às 16h. Para o jantar, abre de terça a quinta, das 19h à 0h, e de sexta a domingo, das 19h30 às 1h30. 

veja a galeria completa

Prato Cheio: Prouvot Cozinha.bar

Dayw Villar sex, 06/06/2014 - 11:17

Com apenas cinco meses de existência, o restaurante Prouvot cozinha.bar impressiona pelo sabor e requinte. Comandada pelos sócios e amigos, Hugo Prouvot e Flávio Marques, a casa traz pratos sofisticados, que passeiam pela cozinha contemporânea de base francesa. São dois ambientes, uma varandinha e o ambiente interno, todo criado e decorado pela dupla com muitas ilustrações francesas da década de 40 e 50. Os pratos são todos criados pelos chefs, e irmãos, Hugo e Júlio Prouvot, que capricham nos detalhes.
@
A coluna visitou o Prouvot e separou algumas dicas do menu, anota aí! Para entradinha, ótimas pedidas são o leve patê de fígado caipira, servido com geléia de tamarindo e torradas (R$19) e o filé de saramonete com aspargos, tomate confit e cebola (R$38). Do menu principal, a dica é o franguinho ao leite, servido com purê de batatas e espinafre e mix de folhas verdes (R$32). Para arrematar as delícias, provamos com exclusividade, a sobremesa criada para o menu do dia dos namorados, a Paixão de Chocolate preto e branco, coberto com pedaços de morango, chantily e geléia de frutas vermelhas. Sem falar da carta de sucos da casa, variada e saborosa, como o que leva acerola, abacaxi, laranja e gengibre (R$7,50). Para quem opta por vinhos e bebidas com álcool, uma adega com rótulos europeus e sul-americanos e um cardápio de drinks especiais, como a caipirosca de siriguela. 
@
A casa funciona para o almoço, de terça à sábado, das 12h às 15h, e aos domingos, até as 17h, com um menu executivo e rotativo. Os chefs apresentam sempre duas sugestões de entrada, prato principal e sobremesa, que ficam expostos numa das paredes da casa. O preço é único: R$39. Para o jantar, o Prouvot abre de terça à sábado, das 19h às 00h.
@
Um menu especial foi criado para o Dia dos Namorados, e entra em cena nos dias 11 e 12 de junho. São quatro opções de entrada, quatro de pratos principais e duas de sobremesa. O preço, por cabeça, é R$125. 
@
O Prouvot Cozinha.bar fica na Avenida Herculano Bandeira, número 287. Os telefones para reserva são: (81) 3031 3221 e o (81) 9264 1552.

 

veja a galeria completa

Prato Cheio: Dalí Cocina

Dayw Villar sex, 30/05/2014 - 17:10

O encontro da cozinha contemporânea com toques mediterrâneos é o carro chef do restaurante Dalí Cocina. Capitaneado pela empresária Chris Nunes, a casa completa cinco anos com uma mistura de aconhego e muito sabor. O restô funciona no Derby e tem uma estrutura aconchegante, dividida em dois ambientes, que comporta até 55 pessoas. O clima intimista do Dalí casa perfeitamente com as obras de arte penduradas nas paredes, alguns quadros e posteres com temáticas surrealistas estão lá. É pra comer com a boca e com os olhos! Confira as dicas:
@
Quem assina o menu da casa é a chef Cristina Rufino e traz uma seleção variada de sabores. Uma opção leve para entrada é o Salmão Tártaro (R$18) que vem com toques de limão e cobertura creme cheese, acompahado de finas torradas. De prato principal, um passeio pelos frutos do mar: o Camarão à Provençal (R$37) traz o crustáceo num molho pomodoro, servido com fettuccine e batatas rústicas; já a Peixada ao Gratin de Siri (R$41) apresenta uma posta de pescada branca com crosta de siti, servido com molho especial de camarões e arroz de brócolis. Para arrematar, a sobremesa mais pedida da casa, a Cartola Dalí (R$15), uma releitura do clássico com queijo prato e banana da terra na chapa cobertos com calda de goiabada, mel e canela. Todos os pratos apresentam a opção individual e para dois. 
@
Há ainda um menu especial montado para o Restaurante Week, que vai até o próximo domingo (1). Nele o cliente pode montar o combo com uma entrada, um prato principal e uma sobremesa, tudo por R$38,90. Para entrada, as sugestões são o Terrine de Salmão ou o Tempurá de Camarão, já para prato principal as pedidas são o Linguado Bordeado com brócolis e batata rôsti ou o Camarão na Moranga in caçarole. A sobremesa eleita foi o Mousseline Tropical de limão e manga.  
@
No quesito bebes, o menu traz 54 rótulos de vinho do Novo e Velho Mundo, atenção especial para os vinhos portugueses e espanhóis que harmonizam muito bem com os pratos da casa. E falando em vinho, os drinks da casa também são muito pedidos, em especial a Sangria Dalí, um clericot a base de vinho tinto com frutas tropicais e leite condensado, que pode ser servido individualmente (R$16) ou como drink coletivo (R$47)
@
O Dalí Cocina fica na Rua Feliciano Gomes, 172, no Derby e abre de terça a domingo para o almoço, das 11h às 15:30h e para o jantar da quinta ao sábado, das 19h às 00h. 

veja a galeria completa

Prato Cheio: Migué

Dayw Villar sex, 23/05/2014 - 11:05

Recém-inaugurado, o Migué já está na lista dos melhores points da cidade. O bar conceito, capitaneado pelos amigos Victor Carvalheira, Rafael Lobo, Pedro Berinson, Jorge Peixoto e Luiz Mello, traz um ambiente moderno, jovem e urbano. O projeto é assinado pela dupla Zezinho e Turíbio Santos, e mescla referências de bares europeus em ambientes personalizados, num estilo 'kitsch', com o plus da decór afetiva: volta e meia os donos ou os amigos chegam com um presente e penduram as obras nas paredes. Som, bom atendimento e muito sabor, confere aqui as dicas que separamos nos cardápios da casa, que fica no bairro do Parnamirim.
@
No quesito 'comes', o menu, criado pelo chef Daniel Bastos, é bastante amplo e rico de sabor. Um dos carros chef da casa são os Edamames (R$12), um tipo de vagem coreana, cozidos ao vapor e servidos com flor de sal. Para os amantes de frutos do mar, a pedida é o Camarão Crocante da Praia (R$34), camarões fritos servidos com farofa de alho e molho tártaro. Para quem curte carnes, o Sashimi de filet (R$28) e o Hambúrguer surpresa (R$26) parecem ter caído do céu, de primeira! E quando o assunto é sobremesa, o Migué não faz nada feio com o Espumone de Queijo com Goiabada (R$18) e os Churros, servidos com sorvete Dilleto (R$18).
@
A carta de drinks do Migué é um capítulo à parte, ficam por conta do bartender chileno Rodrigo Sepulveda. Drinks autorais como o Beto Federales, um gin saborizado com hibiscos e grape fruit, um dos mais pedidos da casa seguido d'O Migué, um coquetel com purê de lichia combinado com limão siciliano e gengibre servido com crosta de creme balsâmico e espuma de limão, e o Frescurite, a base de laranja. O novíssimo Mission foi adicionado esta semana ao cardápio, é um mix de Chandon Passion com especiarias. Ainda há espaço para os clássicos, como o Apple Martini, o Sexy on The Beach e o Cosmopolitan, que ganham versões repaginadas e com toques diferentes. Os preços variam entre R$16 e R$18. 
@
Migué - Rua Sebastião Alves, 144, Parnamirim.
Funcionamento: terça à quinta-feira, a partir das 18h. Sextas, a partir das 17h. Sábados, das 16h às 2h. Domingos, das 16h a 0h. 

veja a galeria completa

Prato Cheio: Mura Orora

Dayw Villar sex, 02/05/2014 - 12:24

Uma repaginada nos clássicos da culinária japonesa com toques de culinária contemporânea e uma superestrutura são os diferenciais do novo restaurante oriental da Zona Norte, o Mura Orora. Localizado em Casa Forte, o casarão conta com dois ambientes: um interno, com o restaurante, sudvidido em 3 ambientes sob a batuta do chef, e também sócio, Edson Leite; e o externo, batizado de Vila Aurora, com petiscaria e um soft bar, comandado pelo headbartender Braynner Scherz. A estrutura foi projetada por Renata Paraíso, Thiago Valença e Manoela Pires, e mistura elementos gráficos num ambiente moderno e aconchegante. No menu pratos quentes, frios, leves e muito bem apresentados, tudo para encher os olhos e saciar os paladares aguçados dos amantes de comida japonesa.
@
Boas opções para as entradas são o Missochiriu (R$16), uma sopa leve de misso com tofu, cebolinha e frutos do mar; o Hotategai Sake (R$33), um conjunto de nove lâminas de salmão com vieira marinada no leite levemente maçaricada; e para os amantes de camarões, o sofisticado Ebi Coquetel( R$33), onde os crustáceos são saltados em manteiga e servidos em molho ponjo com ovas especiais e um toque de limão.
@
Vamos aos pratos principais! Finas lâminas de peixe branco, shimaji, tomate seco e o leve molho ponjo são a combinação equilibrada do Sakana Shyo (R$30), um dos carros chef da casa. Outra boa pedida é o Sushi do Mestre (R$120), um combinado com 30 peças de sushi com sabores sofisticados, como as combinações de salmão, ovas e geleias, produzidos especialmente para o cliente pelas mãos de Edson. No menu Prime, opções para aqueles que dispensam o tradicional arroz, destaque para o Hakusai Mura (R$25), rolinhos de acelga com tartar de salmão e nabo temperado, sérvios com um leve molho a base de mostarda.
@
Para o quesito sobremesa que tal um rolinho primavera recheado com chocolate e servido com sorvete de nata? Este é o Harumaki Choco! Outra boa pedida é o Creme Can, um sorvete de chá verde super leve combinado com um creme de frutas e finalizado com calda de uva. Todas os docinhos custam R$14.
@
Quando o quesito é beber, a estrutura da área externa, a Vila Aurora, é a grande responsável pelas criações. A carta é inteiramente feita a base de sake, detaque para o Mojito Daiti (R$18), que ganha um toque mais refrescante com a cachaça de arroz, e para o Sourora (R$18), um mix de vodca greenapple, limão, clara de ovo e cereja, montado e criado como uma ode à bandeira do Japão. Há ainda uma adega com mais de 200 rótulos, entre vinhos e espumantes, além de várias opções de cervejas.
@
O Mura Orora está em soft opening, foi inaugurado no dia 22 de abril, e todo o atendimento está sob a supervisão de Bruno Carrazonne, que também é sócio da empreitada. Anota o endereço: Avenida 17 de Agosto, 1008, Casa Forte – ao lado do CPOR. A casa abre de terça a domingo: almoço das 12hs às 16hs; e para o jantar fica aberto até o último cliente. 

 
veja a galeria completa

Prato Cheio: Menu Padrão The Black Angus

Luíza Tiné sex, 07/08/2015 - 18:32

Horário de almoço durante a semana quase sempre é sinônimo de pouco tempo e correria. Mas nem por isso é motivo de não se procurar um bom lugar para a refeição. Foi pensando nesta situação que o The Black Angus, em Boa Viagem, criou o Menu Padrão, com pratos executivos que custam a partir de R$29,90, com direito a duas guarnições escolhidas pelo cliente. Os pratos, seis ao todo, foram desenvolvidos pelo chef Beto Silva e além do preço convidativo, se destacam pela rapidez - ideal para quem justamente está no "rush" da hora do almoço - e qualidade já conhecida do restaurante.
@
O cardápio executivo está disponível de terça a sexta-feira, com cortes de carne, peixe e frango e mais 11 diferentes guarnições, entre elas, a salada com mix de folhas, tomate cereja, parmesão e molho de mostarda e feijão branco ao perfume defumado e ervas; purê de batatas; musseline de jerimum; farofa Guanabara; arroz Tricolore com cubos de cenoura, ervilha fresca, bacon e cebolette; entre outros. As entradinhas, como o Brie em massa frola ao forno com geleia de damasco (R$32), que mistura o salgado/azedo do queijo com a massa e o doce da geleia, são uma boa pedida para começar. 
@
Um dos mais pedidos pelo público é o Franguinho da Fazenda na Brasa e a Bistequinha Suína, ambos custando R$29,90, e o Peixe do Dia ao Mediterrâneo por R$35,90, além das opções do Prato do Dia, que é a sugestão do chef. O Assado de Picanha (R$47) também é um dos populares por conta da carne macia. O cardápio de sobremesas também é variado, mas destacamos a banana caramelada com sorvete de creme, ideal para aqueles que gostam do mix do quente com o frio. Além dos pratos e sobremesas de qualidade e o ambiente requintado, o The Black Angus tem como diferencial a carta de vinhos. Lá podem ser encontrados cerca de 800 rótulos de diversos países, incluindo África do Sul e Líbano. O Menu Padrão do restaurante mostra para o recifense que mesmo na pressa do curto período de almoço durante a semana, é possível usufruir de uma refeição com alto padrão de qualidade.

veja a galeria completa

Prato Cheio: Rock&Ribs Lounge Recife

Luíza Tiné sex, 24/07/2015 - 18:38

Desde a sua inauguração, o pólo gastronômico dos Armazéns do Porto, no Recife Antigo, vem sendo preferência dos recifenses que optam por saborear comida de qualidade com a vista única para o Parque das Esculturas de Brennand, que fica no meio do encontro do Rio Capibaribe com o mar. Quando o assunto é almoço e jantar, mas principalmente happy hour com direito a clone de bebidas, a Rock&Ribs Steakhouse - Lounge Recife, ganha destaque entre os restaurantes lá localizados. Totalmente inspirada nos conceito de 'casual dining', popular nos Estados Unidos, a casa conta com um cardápio repleto de carnes nobres, petiscos, chopp geladíssimo, drinks variados e uma trilha sonora dedicada somente ao rock and roll não só na música ambiente, mas também nos shows realizados semanalmente de quarta a domingo.
@
A decoração do espaço também é de chamar a atenção - caricaturas de grandes nomes da música como Bono Vox, Amy Winehouse, Freddie Mercury, Mick Jagger, Elvis Presley, Chris Martin e tantos outros, ocupam uma parede inteira, enquanto o bar exibe uma fotografia gigante do astro BB King cercada por lâmpadas anexas a pratos de baterias, além da guitarra enorme no teto. O carro-chefe da casa são as tradicionais costelinhas de porco, que parecem na composição de vários pratos do cardápio. Como opções de entradas, as mais pedidas pelo público são as Mountain Fries (R$32) que é, literalmente, uma montanha de batatas-fritas cobertas com cheddar e bacon; o Pastelzinho de Costela (R$29,90), diferente de qualquer pastel tradicional de boteco e o Rock Trio 1 (R$38,90) que serve bem três ou mais pessoas (dependendo da sua fome!) com porções de onion rings, costelinhas e batatas-fritas.
@
E já que a especialidade da casa são carnes nobres, um bom hambúrguer não poderia ficar de fora. O Everest (R$38,90) faz jus ao nome - são simplesmente 400 gramas de carne! A Costela Rock Barbecue Original Ribs (R$48,90) é uma ótima pedida para acompanhar o chopp da casa (R$7,90), que é conhecido por ser servido bem gelado. Os pratos executivos também compõem o menu a partir de R$25,90, como o Rock Filé, servidos com medalhões da casa e mais dois acompanhamentos à gosto do cliente, além da saladinha. Para completar, o T-Bone (R$53), exclusivo de lá, que combina duas partes nobres do boi: o miolo do filé mignon e o final do contrafilé (chorizo). Parece comida de desenho animado, mas o sabor é bem real - e muito bom! Como sobremesa, a pedida é o Rock Brownie (R$22,90).
@
Os drinks elaborados por lá também merecem destaque. Entre as opções alcóolicas, além do chopp, estão a Piña Colada (R$23), de gosto doce e suave; a Marguerita Blue (R$19,50) que tem uma apresentação diferente da tradicional pela cor azul e o Red Heart (R$17), queridinho da casa, que é servido com um charmoso picolé em forma de guitarra. Já no quesito sem-álcool, estão a Rock Bubble Lemonade e a Rock Bubble Apple, ambas custando R$8,65, que misturam refrigerante com xarope de frutas, resultando num gosto interessante. O Rock&Ribs está fazendo sucesso - é difícil não encontrar a casa cheia, principalmente nos dias de show. O restaurante disponibiliza pagers para os clientes que aguardam pela liberação de mesas no bar ou em qualquer lugar dos armazéns, o que é um ponto positivo, além de ter também um bom atendimento. Uma mistura de comida de qualidade, boa música e ambiente agradável com uma vista espetacular. Recomendamos! 

veja a galeria completa

Prato Cheio: Villa Foria Pizzeria & Ristorante

Luíza Tiné sex, 03/07/2015 - 19:21

Um lugar no Recife para saborear pizzas no autêntico estilo italiano, comendo com a mão, usando luvas de plástico. Esta é a Villa Foria Pizzeria & Ristorante, localizada em um casarão antigo, aconchegante e de luz baixa, com direito a espaço kids, no bairro das Graças, zona norte da cidade. A casa, que funciona sob o comando dos empresários Gustavo Leal e Maria Porto, abriu as portas em 2013 e tem no menu massas, carnes, peixes, saladas, antepastos, sobremesas e o carro-chefe, que são as pizzas, feitas com uma massa fina, leve e crocante. Ao todo, são mais de 25 sabores diferentes da iguaria, entre doces e salgadas, nos tamanhos pequeno, médio e grande.
@
A novidade do segundo semestre de 2015 são os novos sabores que acabaram de ser incluídos no cardápio. Entre as opções de entrada, recomendadas pela casa, estão as Trouxinhas Recheadas do Chef (R$25,90), feitas com massa caseira, que vem com seis unidades e o cliente pode escolher o recheio entre queijo parmesão, queijo do reino, provolone, gorgonzola, carne de sol com queijo coalho e camarão com catupiry. Já no quesito pizzas salgadas, além da mais vendida, que é a tradicional do sabor marguerita, entraram a de lombo canadense com bacon e abacaxi, que resulta numa mistura interessante do doce com o salgado, camarão crocante com cream cheese, filé com queijo gorgonzola, queijo do reino com salaminho, frango com catupiry e bacon, todas variando entre R$48,90 e R$58,90.
@
As pizzas doces também são de encher os olhos e servidas quentinhas, agradam o paladar. Destaque para as novas, que são as de morango com nutella e ouro branco, mas as clássicas de sonho de valsa, romeu e julieta, banana com canela, romeu e julieta e delícia de abacaxi, estas servidas apenas nos tamanhos brotinho e grande, entre os valores de R$30,90 e R$48,90. Além das pizzas e demais pratos, a Villa Foria também conta com uma carta de vinho com mais de 60 rótulos, além do atendimento de qualidade. A casa fica na Rua das Graças, número 239 (em frente à Igreja das Graças) e funciona das 18h às 0h, de segunda a sábado, e das 17h30 às 0h, aos domingos.

veja a galeria completa

Prato Cheio: Novos Pratos no Kisu

Luíza Tiné sex, 29/05/2015 - 16:22

O restaurante Kisu, que fica no Shopping RioMar, anuncia ao público que novos pratos foram incorporados ao menu da casa. O chef Dylan Koishi, responsável pelo cardápio da casa, criou quatro novos pratos que misturam os melhores ingredientes da culinária japonesa e peruana e são de dar água na boca. Entre as opções de entrada, as novidades são os Japanese Tacos, composto por dois tacos crocantes servidos com salsa criolla, aioli e salsa de cebolinha e gengibre, nos sabores de atum (R$18), salmão (R$18) e lagosta (R$25) - os dois primeiros são servidos crus e o último, cozido. Uma mistura de sabores bastante irreverente.
@
Outra novidade no quesito entradas é a nova versão do Usuzukuri, que já existia com lâminas de salmão, e agora também vem na versão de peixe branco levemente selado com azeite e óleo de gergelim temperado com molho ponzu. O preço sugerido para o prato é de R$33. Já nos pratos principais, está o Wasabi Sesame Tuna (R$49), feito com um filé de atum coberto de gergelim e acompanhado com purê de wasabi - que por sinal, surpreendentemente, não provoca a sensação de ardor que tem o wasabi tradicional, o gosto é bem leve.
@
E ainda entre os quentes, para quem não dispensa carne vermelha, a nova opção é o Strip Loun, lombo de carne argentina servido com arroz de cogumelos e farofa panko, que custa R$45. O diferencial dos novos pratos do Kisu está justamente na variedade, já que o cardápio abrange desde o peixe cru até carnes assadas. Além das novidades no menu, a coluna também dá destaque ao delicioso Cheesecake da casa, um dos queridinhos no hall das sobremesas da casa, feito com espuma de queijo e calda de morangos no sakê com shortbread de gergelim. O Kisu fica no piso L1 do centro de compras e está aberto diariamente para almoço e jantar.

veja a galeria completa

Páginas

Pesquisa

Publicidade

Facebook

parabéns para

  • 25 Jan Zé Maria Sultanum
  • 25 Jan Jacó Stambonsky
  • 26 Jan Danielle Hoover
  • 26 Jan Terezinha Nunes
  • 26 Jan Nelsinho Caldas
  • 27 Jan Paulo Sérgio Macedo