Prato Cheio: Clube da Esquina Rock Bar

Luíza Tiné sex, 10/07/2015 - 13:30

Já imaginou um barzinho com cerveja gelada e petiscos de qualidade com trilha sonora única e exclusivamente dedicada ao rock and roll? Este é o Clube da Esquina Rock Bar, que fica localizado em Boa Viagem, um point que fica, literalmente de esquina, na Rua Doutor Gaspar Regueira Costa, número 200, sob os cuidados do empresário Eduardo Siqueira e da chef Débora Campos. O barzinho teve o nome inspirado no musical que surgiu em Minas Gerais, nos anos 1980, quando Milton Nascimento, Marilton, Márcio e Lô Borges, Flávio Venturini, Vermelho, Tavinho Moura, Toninho Horta, Beto Guedes e Fernando Brant, se juntaram para fazer covers de seus artistas preferidos. E fazendo jus ao nome, a decoração do local já mostra qual é a sua proposta: fotos de grandes nomes do rock music como ACDC, Led Zeppelin, Pink Floyd, Iron Maiden, Deep Purple, entre outros, decoram as paredes da casa, que também exibe jogos de futebol e tem shows ao vivo durante os finais de semana, além do carro-chefe, que é o happy hour diário (com execeção das segundas-feiras), e o almoço aos sábados.

Eduardo e Débora, amigos de infância, dividem as tarefas no Clube da Esquina - ele é responsável pela parte administrativa e ela, toma conta da cozinha. Por sinal, o cardápio da casa foi totalmente repaginado desde a sua entrada, com a proposta de atrair ainda mais clientes. Com preços bastante atrativos (muitos deles custam menos de R$20), os pratos do menu misturam a culinária nordestina com um toque gourmet, mostrando que comida de boteco pode sim ser mais sofisticada. Entre os aperitivos mais vendidos está o Mad Dog (R$10), feito com pão de leite recheado com um blend de carnes envolto por uma fatia fina de bacon e cozido no molho de tomates frescos, acompanhado por batata palha de batata doce, que dá um toque mais regional, e lascas de queijo parmesão, que vem com três unidades. De chamar atenção no quesito petiscos também estão as Iscas de Frango, que é composto por tiras de frango empanados na farinha panco (ingrediente que é um dos diferenciais da casa) com semente de gergelim servidas com molho barbecue e kefir artesanal, este último feito pela própria Débora diariamente. O leve sabor picante junto com os molhos resultam num gosto interessante.
@
Entre os pratos maiores, destacamos o Arrumadinho, que pode ser de charque (R$19) ou de carne de sol (R$21), com feijão verde, farofa amarela temperada no alho e e vinagrete, e serve bem até quatro pessoas. O Músculo Na Pressão (R$17) também vem saindo bastante, segundo a chef Débora - que faz questão de circular pelo espaço e conversar com os clientes. O prato é feito com músculo na panela de pressão ao molho de vinho (cujo sabor dá pra sentir levemente ao degustar), acompanhado com torradinhas, que serve duas pessoas. E já que a criadora do novo menu gosta mesmo de inovar, também entrou na lista o Mini-Hambúrguer (R$12), com três unidades que derretem na boca, feito com um misto de carnes macias temperado com ervas finas, recheado com queijo, bacon e coberto pelo mesmo kefir das Iscas de Frango. Além de tudo isso, ainda podem ser encontrados misto de pasteis (R$15), pão de alho com linguiça toscana (R$9), caldinhos (surubim, feijão, bobó de camarão e abóbora - R$6e R$7) e os Ovos de Cordona Empanados (R$10), estes feitos com uma receita secreta da chef. Tudo uma delícia e com um atendimento de qualidade. O Clube da Esquina Rock Bar funciona de terça a sexta das 17h até o último cliente, sábados a partir das 11h para almoço e domingo, às 14h. Nas quintas, sextas e sábados, o boteco também conta com música ao vivo.

veja a galeria completa

Prato Cheio: Dona Carolina

Jana Constantino sex, 19/06/2015 - 11:22

Mudança total no Dona Carolina. A casa, dos empresários Licínio Dias e Lula Sampaio, deixa movimentar a noite recifense com baladas e vira uma galeria gourmet. Para ficar com cara de restaurante, as arquitetas Amanda Dias (filha de Licínio) e Amanda Motta entraram em cena e capricharam no visual. Por enquanto o novo Dona Carolina funciona apenas na hora do almoço, no esquema de self-service no peso com pegada fit. O buffet é um mix de experiências do Grupo Dias, com um pouquinho do tempero de cada restaurante da rede (Alphaiate, Ferreiro, Neno e Lula, Barazzone, Casa dos Frios), tudo com o gostinho de comida caseira. 
@
Destaque para a variedade de saladas, com pelo menos cinco tipos de folhagens, saladas especiais e cerca de 20 opções de complementos incluindo quinoa, soja e grão de bico. Nos pratos quentes, outras mais de 20 opções, com grelhados, empadões, frutos do mar, massas, etc e tal. Sobre o preço, o quilo custa R$54,90 (segunda a sexta) e R$59,90 (sexta, sábado, domingo e feriados). Pudim, queijadinha, bolo de rolo maçaricado com sorvete de creme e bricelet estão entre as opções de sobremesa. Lembrete para quem for almoçar por lá é pedir o suco do dia, que agradou tanto e já virou suco da casa, feito com morangos, laranja e gengibre.
@
Outro espaço que vale a pena conhecer no Dona Carolina é a adega, que conta com um super ‘mercadinho de vinho’, com rótulos nacionais e importados selecionados pessoalmente por Licínio. O cliente pode consumir na hora ou levar para casa. Até o final de julho a casa também vai funcionar no jantar, com fondue de queijo e saladas variadas. Além dos vinhos, a adega também vai dispor de queijos e pães artesanais.
 

veja a galeria completa

Prato Cheio: Hambúrguer no Pobre Juan

Luíza Tiné sex, 12/06/2015 - 16:57

Todo mundo sabe que os hambúrgueres são refeições tradicionais nos Estados Unidos. A iguaria, no entanto, tem ganhado cada dia mais espaço no Brasil com a abertura de novas hamburguerias e com a presença de variadas receitas envolvendo o sanduíche no cardápio dos restaurantes. Recife não poderia ser diferente, já que o prato pode ser degustado tanto no almoço como no jantar. A cidade ganhou até um festival anual dedicado exclusivamente aos hambúrgueres, onde vários estabelecimentos participam com criações inusitadas. O Pobre Juan, localizado no Shopping RioMar, foi um dos participantes da edição de 2014, com o '481 Burguer' - como está no cardápio - desenvolvido pela chef Priscila Deus. A proposta era de que o prato ficasse disponível apenas durante o festival, mas fez tanto sucesso entre o público, que acabou ficando como item fixo no menu.
@
Acompanhado de batatas fritas finas e rústicas e ketchup de goiabada - sim, de goiabada! - o hambúrguer bovino, que custa R$46,40 é feito de forma artesanal, com 250g de cortes selecionados, emulsão de Chorizo Ibérico, queijo gruyère e rúcula no pão. Com um tamanho considerável, o sanduíche pode ser consumido no almoço ou no jantar, deixando o cliente satisfeito. O corte da carne, que pode ser escolhida bem passada, mal passada ou ao ponto, se mistura com o gosto dos demais ingredientes, proporcionando um sabor bem diferenciado dos tradicionais hambúrgueres servidos em restaurantes de fast-food. O ketchup de goiabada é daqueles que surpreende pela junção da goiaba com o tomate e dá um toque especial à comida. Vale a pena conferir!
@
Para finalizar a refeição, pra quem gosta de doce, as sobremesas da casa também são de encher os olhos, como os Churros de Dulche de Leche, que são tradicionais churros espanhóis servidos com doce de leite quentinho, custando R$17,40. E ainda no quesito doce de leite, o Pudim de Dulche de Leche, que custa R$19,40, também entra no top 3 das indicações do restaurante. Para finalizar, a Taza Brownie, composta por brownie com brigadeiro cremoso e calda de chocolate, sorvete de vanilla e pratinê de nozes (18,40), vem como uma das sobremesas mais pedidas. 
@
O Pobre Juan funciona para almoço de segunda a quinta das 12h às 15h, sexta das 12h às 16h, sábado das 12h às 1h e domingo das 12h às 23h. Já para o jantar, o restaurante abre de segunda à quinta das 19h às 00h e sexta das 19h às 1h.

veja a galeria completa

Prato cheio: Boteco Barazzone

Luíza Tiné sex, 22/05/2015 - 16:36

Um ambiente espaçoso e aconchegante no coração do bairro de Piedade, na Avenida Bernardo Vieira de Melo: esse é o Boteco Barrazone, empreendimento de Lula Sampaio e Licínio Dias, que tem cardápio variado para almoço, happy hour e jantar. O menu da casa é um mix de todos os restaurantes do grupo, com itens que não podem faltar como o caldinho de feijão, casquinho de caranguejo, espetinhos, empada de queijo do reino, pão de alho, peixada, carne de sol, entre tantos outros, indo desde os petiscos para começar até os pratos principais para as refeições, sendo eles grelhados, na lenha ou no fogão.
@
Uma boa pedida para começar por lá é pedir um dos famosos canapés de pizza, que podem vir nos sabores misto (presunto e queijo) ou de carne, por R$26,90 ou R$28,90. O grande destaque do Boteco Barrazone, no entanto, vai para as pizzas e crepes. As pizzas vem em versões salgadas, doces e vegetarianas, incluindo sabores como Marguerita (queijo mussarela, fatias de tomate e manjericão fresco), Borboleta (queijo manteiga, banana, açúcare canela) e Broccoli (molho de tomate, brócolis refogado e temperado com alho, ricota, tomate, requeijão e azeitona preta). Tudo isso com preços variando entre R$36,90 e R$41,90. 

Já os crepes, exclusivos do local, chamam a atenção pelo sabor e textura fina da massa. As opções são misto (presunto de peru fatiado e temperado com limão, azeite, pimenta do reino, queijo mussarela e um leve toque de mostarda), pollo (peito de frango desfiado, catupiry e milho verde), filé (filé picado e temperado com pimenta do reino, sal e puxado no alho com tomate em cubinhos e catupiry) e camarão (camarão cortado e temperado no alho e azeite com catupiry). Todos eles acompanhados de salada mista e na faixa de R$24,90 a R$27,90.
@
No quesito bebidas, o Boteco Barrazone também não deixa a desejar. Oferece uma extensa carta de vinhos, cachaças, cervejas, drinks e refrigerantes. E como todo restaurante completo, as sobremesas também tem lugar - a seção 'Docin, Docin' do cardápio tem cartola, pudim, petit gateau e a deliciosa Sobremesa do Frade, que nada mais é do que biscoito feito pelas freiras do Convento de Olinda recheado com sorvete de creme e servido com calda de chocolate, custando R$15,90. Aquela opção que não se deve deixar de experimentar! O local tem espaço climatizado, ao ar livre e área de lazer para crianças e é daqueles do tipo que toda a família pode se reunir por lá. 

veja a galeria completa

Prato Cheio: Just Madá

Dayw Villar sex, 28/11/2014 - 12:26

Com oito anos de idade, o Just Madá é consagrado como um dos bistrôs mais queridos da cidade. Lotado na Galeria Centro Sul, em Boa Viagem, o espaço gourmet comandado pela sorridente Madalena Albuquerque nasceu da paixão de Madá pela gastronomia. Antes de virar bistrô, o espaço na galeria era seu escritório de arquitetura e as delícias da cozinha da chef faziam sucesso entre clientes e amigos. Assim, a pedida foi tanta que o Just Madá ganhou forma com uma decór totalmente espontânea e intimista, baseada nos gostos de Madá e seu marido, também arquiteto, Newton Belo. A cozinha, é um mix saboroso da culinária italiana com toques e temperos de produtos regionais. Anota as dicas que preparamos:
@
Ir ao Just Madá e não saborear a Salada de Carpaccio (R$26) ou o Croque Monsieur (R$22, pão recheado com presunto, queijo e coberto com creme de quatro queijos gratinado) é realmente um pecado. Peça também para virem acompanhados do molho especial da casa, que leva condimentos, azeite e queijo gorgonzola. No quesito prato principal, a casa bate um bolão nas massas. Experimentamos e aprovamos o Penne com Ragú da Madá (R$26) e o tradicional Camarão Verde e Rosa (R$42), uma massa ao pesto de manjericão com camarões tail-on, de lamber os dedos! Outro sucesso da casa é o Cozido Pernambucano. A chef conta que a concepção do tradicional prato da culinária nordestina durou meses, a fim de reproduzir fielmente para a versão gourmet o sabor e a essência original do prato, que é a estrela do cardápio das sextas-feiras por lá. Para finalizar, que tal um Brownie (R$26)? Massa quentinha de chocolate com sorvete de creme e calda de cacau. 
@
O Just Madá funciona de segunda à sexta para o almoço a partir das 12h. Nas quintas e sextas, a casa abre para o happy hour, às 18h e estende para o jantar. 

veja a galeria completa

Prato Cheio: Jo Joo Creative Sushi

Dayw Villar sex, 21/11/2014 - 11:58

Com toques de refinamento aliados a precisão dos temperos e cortes, a cozinha do Joo Joo Creative Sushi é encantadora. O restaurante oriental, inaugurado há 11 meses, fica no coração de Casa Forte, na Zona Norte e traz um cardápio variado com pratos da culinária japonesa, chinesa e tailandesa. Todos os pratos foram criados com a tutela e expertize de Márcio Fushimi, que em sociedade com Rodrigo Baraúna e João Correia comanda a casa. Intimista e sofisticado, o projeto arquitetônico de Diogo Viana traz elementos sóbrios e uma meia luz combinada com uma playlist de muito bom gosto, harmonização ideal para o ambiente. Anota as dicas dos mais pedidos do restaurante!
@
Para começar, que tal um Spice Tuna Tataki (R$ 36)? Um tartar de atum com cebolinho, pimenta, coberto com masago e coriander oil servido com tortillas assadas. Quem curte camarões não pode sair sem experimentar o Langostino Passion (R$39, camarões salteados em alho thai e redução de maracujá e acompanhados de oniguris - bolinhos de arroz e gergelim). Outros campeões do cardápio são os temakis, como o Camarão Furai (R$15, camarão empanado com panko, cream cheese e molho tarê) e o Hot Roll (R$15, salmão, creme cheese, kani e cebolinho em massa fina e crocante). Carro chef e especialidade da casa, o Jo Joo tem treze opções de sabor, que são servidas em porções de 6 unidades, com um único sabor ou num Mix: tradicional, bacalhau, siri, foie gras poelé e atum, salmão, polvo com shimeji, robalo com camarão, berinjela e shimeji, salmão cmo shimeji, magret e foie gras, salão com toro de atum, salmão e camarão flambado e contreau. A casa ainda tem os tradicionais espetinhos japoneses, conhecidos como Robatas, com legumes, carnes, aves e peixes grelhados em grelha de pedra vulcânica. O preço varia entre R$5 e R$29 (magret de pato). Há ainda um cardápio extenso de opções da culinária chinesa, como o Yakissoba, e pratos da culinária tailandesa e várias opções de sushi, sashimi e outros derivados da cozinha nipônica. Além de opções para veganos e vegetarianos. Ah, sem esquecer das sobremesas. Experimentamos e aprovamos o Búlgaro (R$17, um bolo de chocolate gelado servido com coulis de frutas vermelhas e chantilly). 
@
O Jo Joo fica na Avenida Dezessete de Agosto, número 1661, Casa Forte e abre de terça a domingo, para almoço (das 12h às 16h) e para o jantar, das 18h30 à 1h. Reservas e mais informações pelo telefone 81 3019-0444.

veja a galeria completa

Prato Cheio: Seu Boteco

Dayw Villar sab, 08/11/2014 - 13:20

Com vista para o Parque de Esculturas, ao lado do Marco Zero e no coração do bairro mais boêmio do Recife, o recém-inaugurado Seu Boteco anda fazendo sucesso. Com espaço para 90 mesas, suficientes para até 400 pessoas, divididas em  dois ambientes (um interno e outro externo), a casa é uma franquia do bar oficial da Ambev. Tem moldes dos tradicionais botequins cariocas, é especialista em cervejas do mundo e tem um menu de lamber os dedos. De petiscos à refeições, a empreitada dos sócios Cristiano Falcão, Rafael Figlioulo, Thiago Figlioulo, Júlio Maciel e Oscar Gundes virou um dos pontos mais movimentados e disputados da cidade. 
@
Esta semana a casa começou a operar o menu de almoço executivo, sob os cuidados do chef Leandro Manoel é variado e saboroso. Experimentamos e aprovamos o Caldinho de Camarão (R$9) e a Casquinha de Caranguejo (R$7,90). No quesito prato principal, as opções são variadas: Carioca (R$23,90, picadinho de alcatra com arroz branco, ovo estalado, couve refogada e farofa de bacon); Bife de tira (R$34,90, corte de picanha com batata rústica, vinagrete e farofa); Feijuca (R$29, feijoada light, bisteca de porco, banana frita, couve refogada, torresmo, farofa de bacon e laranja); Estraga o bofe (R$27,90, strogonoff de frango à moda da casa com arroz branco e batata palha) e o Bacalhau à moda (R$39,90, posta de bacalhau cm batata, tomate, cebola, pimentão, azeitona preta e alcaparras regado com azeite extra virgem e guarnecido com arroz). Há ainda um prato sugestão do chef, na sexta-feira e dia do Ragú de Ossobuco com risoto de parmesão e chips de macaxeira. O menu de petiscos, de quitutes como bolinhos de bacalhau e vários sanduíches funciona all day. 
@
Para harmonizar com todos os pratos, a pedida mesmo é uma boa cerveja. Entre as opções Original, Bohemia, Serra Malte, Stella Artois Patrícia, Quilmes, Franziskaner, Leffe, Hoegarden. Ou ainda, um  drink aperitivo, como o Meladadinha (R$8, cachaça com suco de laranja e mel finalizada com canela).
@
A casa abre irá de segunda à segunda. Abre às 11h e fecha às 22h nas segundas, terças e domingos, as 00h nas quartas-feiras e 3h da manhã nas quintas, sextas e sábados.

veja a galeria completa

Prato Cheio: Donatto

Dayw Villar sex, 31/10/2014 - 12:02

O charmoso bairro do Poço da Panela ganhou mais um toque de aconchego há exatos um mês e vinte dias. O Donatto é o mais novo espaço de boa gastronomia do Recife e une a delicadeza e bucolismo do Poço num mix harmônico. Sob a batuta dos sócios Angélica e Marcelo Malta mais o chef Rafael Donatto, a casa ocupa uma casa bem ao lado da Igreja e impressiona pelo sabor. O nome da casa é referência direta ao chef, que se criou no bairro antes de entrar no mundo da gastronomia e circular, por mais de dez anos, cozinhas de vários países. O bistrô tem dois ambientes, um interno e um externo, comportando bem até 51 pessoas. E ainda encanta com as peças de arte espalhadas no espaço. Segundo os sócios, a iniciativa é para fomentar e divulgar o trabalho dos artistas da vizinhança. Sobre a comida, um capítulo a parte...
@
A viagem sensorial do Donatto tem forte pé nos produtos do mar, peixes e frutos do mar são os carros-chefe da casa. Bom exemplo disso é o Ensopado de Camarão (R$16,90) e a  Empada portuguesa de bacalhau (R$8,50, servida com um interessante purê de beterraba). De prato principal, o chef indica o Linguinni à frutti di mare (R$31, massa salteada em azeite, alho e ervas, servida com mexilhões, anéis de lula e camarões em pimenta chilli). Outra excelente pedida é o premiado Robalo à Donatto (R$47, peixe recheado com mix de cogumelos, batatas ao forno com ervas, camarão grelhado, bacon crocante e molho césar). E não só são os frutos do mar que impressionam, o Carret de Cordeiro com Geleia de Pimenta é uma experiência completa (R$32,90). Para finalizar, que tal um Carpaccio de abacaxi com pimenta de rum e ganache de rum (R$10)? Tem ainda a tradicional receita francesa do Fondant au chocolat com sorvete de baunilha (R$14). Para harmonizar, a casa conta ainda com uma adega recheada de vários rótulos de vinhos, além de uma carta de drinks e destilados. 
@
O restaurante Donatto fica na Rua Visconde de Araguaya, 51, no Poço da Panela. Abre de terça a sábado para o jantar, a partir das 19h, e tem almoço no sábado e domingo, a partir das 12h. Informações e reservas no telefone: 3314.5872

veja a galeria completa

Prato Cheio: Hotspot

Dayw Villar sab, 18/10/2014 - 12:13

Com quase dois anos de 'idade', o Hotspot já impressiona com a maturidade na criação dos pratos. Comandado por Armando Pugliesi, a casa tem uma pegada muito moderna. Começando do visual: o projeto arquitetônico de Diogo Viana remete à paixão do chef e proprietário, as viagens. Dois super estofados com uma pegada britânica se fundem às paredes cinzas com arte do pessoal do Acidum. Na cozinha, uma fusão das referências modernas das mãos de Armando com o sabor que o recifense gosta de comer. A coluna separou algumas dicas sobre as delícias de lá. Anota aí!
@
Para começar a 'brincadeira' vamos com duas opções de entradinhas: para os que preferem comida levinha podem pedir o Carpaccio de Tomate (R$25, finas laminas de tomate com molho pesto, mostarda, ricota, rúcula e torradas), para os amantes de queijos, não pode deixar de pedir o Brie Crocante com geleia de frutas vermelhas (R$36). No quesito prato principal, uma particularidade da casa: o cliente monta seu prato principal de acordo com o menu: uma base e um acompanhamento. Assim, separamos alguns: Spaghetti de camarão ao molho de ervas e limão siciliano ($39), Surf n' turf de filé e camarões ($63, filé mignon com camarões grelhados e molho de vinho branco e salsa) acompanhado de risoto primadonna,  e o Confit de pato e purê de mandioquinha ao molho de vinho e cebolas carameladas ($43) guarnecido com batatas rústicas fritas. Para fechar com chave de ouro, os saborosos Churros (R$19), finalizados com crocantes, amêndoas e flor de sal. Há ainda uma carta de drinks especiais, como o PurpleSpot (R$18, com vodca, morango e uvas).  
@
O restô fica localizado na Rua Capitão Rebelinho, 468, bairro do Pina. Funciona de terça a sábado para o almoço e para o jantar: das 12h às 15h e das 19h às 0h30. Mais informações e reservas no telefone: 3034-1284. 

veja a galeria completa

Prato Cheio: Chicama

Dayw Villar sab, 04/10/2014 - 13:14

Inaugurado há menos de duas semanas, o Chicama, novo restô peruano da Zona Sul já virou ponto certo para os apreciadores da boa gastronomia. Irmão mais novo do tradicional Chiwake, e também capitaneado por Biba Fernandes, a casa oferece opções distintas, jovens e modernas da tradicional gastronomia nikkei. Com projeto de Humberto Zirpoli, o ambiente é moderno, aconchegante e cheio de objetos rústicos vindos direto do Peru, como tapeçarias, estátuas. Impressiona do visual ao sabor, anota aí as dicas:
@
Para começar a viagem gastronômica, o chef sugeriu saborear o Tiradito Nal (R$48, lâminas de peixe e camarões marinados no limão com coentro e salada de batata  com polvo finalizados com aji amarelo) e a Parrilla de Pulpo (R$69, tentáculos de polvo grelhados na chapa sobre mini batatas, aspargos frescos, brócolis e mix de cogumelos com salsa de azeitonas escuras). No quesito Prato Principal, as opções são generosas. Ótimas pedidas são o Chincha (R$65, camarões em salsa de mix de cogumelos com bolinhos de jerimum, arroz de espinafre e chips de banana-da-terra) e o Punta Negra (R$55, filé mignon grelhado em salsa de vinho tinto, arroz de manjericão e batata doce crocante. Para finalizar, a sobremesa mais pedida da casa, a Delícia Crocante (R$21, massa folhada recheada com doce de leite, sorvete de creme, calda de chocolate e farofa de castanha).
@
O Chicama fica na Avenida Conselheiro Aguiar, nº 2582, Boa Viagem. Abre de terça a domingo para o jantar, a partir das 19h. Para mais informações e reservas, o telefone da casa é o 081 3221-4096. 

veja a galeria completa

Páginas

Pesquisa

Publicidade

Facebook

parabéns para

  • 23 Set Aguinaldo Viriatto
  • 23 Set Heracliton Diniz
  • 24 Set Miguel Henriques
  • 25 Set José Múcio Monteiro
  • 25 Set José Matutino
  • 25 Set Felipe Cabral