Para usar e abusar

João Lucena sex, 11/05/2012 - 17:20

Foi-se o tempo em que as saias longas eram possíveis apenas nos looks de festa. As barras foram para baixo e os looks com maxi comprimentos imprimiram elegância, entrando de vez no closet das fashionistas.

 

As saias e os vestidos longos seguem com força no inverno e se renovam em materiais mais encorpados, como o couro e o crochê. As leves, transparentes e plissadas também têm espaço e ficam ainda mais invernais quando combinadas com tricôs e casacos mais pesados. Outra forma de atualizar a tendência é acompanhar nos looks o uso de chapéus, blazers, jaquetas, cardigãs, botas ou coturnos.

Para usar e abusar: Aneis

Luíza Tiné sab, 15/08/2015 - 13:50

Que joias agregam glamour a toda produção ninguém tem dúvida, mas como escolher a peça perfeita dentre tantas opções? Existem atualmente no mercado inúmeras pedras, matérias-primas e designs para os diferentes gostos e estilos. Entretanto, além destes itens fundamentais, é preciso também levar em consideração a funcionalidade da peça. Afinal, nada melhor do que possuir uma joia exclusiva, sofisticada e ainda versátil.

Foi pensando em praticidade que Cris Lemos, designer à frente da CiS, investiu em peças que podem ser usadas de diferentes formas, tanto em uma produção casual, em eventos durante o dia, quanto para programações mais elegantes à noite, a exemplo do anel 3 em 1 da coleção Histórias. “Já que são desmontáveis, a mulher pode optar em usá-los de três formas: na versão original com a base e brilhantes, apenas a parte com brilhantes ou só a base”, explica, Lemos, reforçando que o design moderno, a produção totalmente artesanal e a possibilidade de a consumidora personalizar o seu produto também são diferenciais importantes que fazem a marca se destacar no setor joalheiro.
@
“Nossos produtos traduzem a ideia de que uma joia é muito mais do que o material que a compõe. O valor maior está no design das peças. Este sim é repleto de significados, o ingrediente fundamental, a verdadeira identidade. Buscamos a qualidade e a perfeição desde a criação até o resultado final”, pontua.

Para usar e abusar: Jaqueta

Luíza Tiné sab, 08/08/2015 - 14:55

Peça clássica e essencial em qualquer guarda-roupa, as jaquetas são excelentes aliadas quando o assunto é se vestir com estilo e sofisticação. O item, além de proteger do frio, ajuda a compor produções ousadas, básicas e românticas. Para a estilista Keila Benício, à frente da Blu K, a peça é uma perfeita para o dia a dia, principalmente quando se quer dar um plus em uma roupa mais básica. “Mesmo com uma camiseta básica e uma calça jeans, a jaqueta transforma o look completamente. O item também combina com leggings; assim o visual fica confortável e despojado, permitindo até brincar com acessórios, como os lenços”, comenta.
@
Segundo a profissional, a versatilidade da jaqueta de couro é infinita e a peça dá certo não só em composições mais informais, como também para roupas de trabalho. Basta combiná-la com uma calça de tecido e um sapato mais arrumadinho – de sapatilha a scarpin, tudo depende do gosto e do que é compatível com o cotidiano. Ela também ajuda a incrementar uma produção mais ousada composta por vestido ou saia mais justa. Para as mais românticas, a peça curinga pode ser usada com blusas e vestidos de renda. Se o look for estampado, a jaqueta preta é a melhor opção.

Além deste modelo, as jaquetas jeans também tem seu espaço na temporada. Quando usadas com vestidos mais larguinhos e curtos, estampados ou não, a peça proporciona um ar mais romântico e jovem às produções. Além disso, ela ainda deixa o visual feminino mais moderno. Além dos vestidos, as saias mais curtas também deixam o look mais moderno e passam a impressão de um visual mais descontraído. O legal é brincar com os comprimentos e usar uma jaqueta sempre um pouquinho mais comprida que o cós da saia. Os vestidos e saias longas também são boas sugestões, pois dão um ar mais leve, fashion e boho às produções. A estilista revela, ainda, que vale prestar atenção em algumas dicas: se tiver quadris estreitos, aposte em uma parte de baixo mais clara que a jaqueta; se tiver muito busto, combine a jaquetinha com blusa de decote em "v"; se tiver barriguinha, invista em uma peça mais acinturada e blusa mais larguinha por baixo.

Para Usar e Abusar: Estilo Boho

Jana Constantino sab, 25/07/2015 - 16:06

O estilo Boho tem sido uma das principais investidas das mulheres em busca de novas propostas. Na temporada outono/inverno, essa pegada ganha mais adesão devido à mudança nas vestes com sobreposição, franjas e tons terrosos. Fátima Alencar, da maison Moda Internacional, na Jaqueira, lembra que as variantes do laranja, marrom, magenta e verde estão entre as principais apostas da cartela de cores.
@
Ao contrário do que muita gente pensa, as peças do visual não precisam ser absurdamente folgadas para caracterizar o estilo Boho. O que pesa mais mesmo é o excesso de acessórios, ou seja, vale apostar sem medo em chapéus de feltro e no excesso de braceletes, pulseiras de tornozelo e mixes de brincos e colares. Cintos, grampos, tiaras e presilhas também estão com tudo. Outra dica de Fatinha é aderir às estampas florais e vestidinhos com bordados, aplicações de pedras e até crochê. Em termos de composições – madeira, penas e conchas são indicados. Para os pés, o que for confortável para você, de botinhas às sandálias de salto mediano, também em cores naturais e toques crus.

Para usar e abusar: total white

Luíza Tiné sab, 18/07/2015 - 13:26

Depois dos sapatos brancos invadirem os guarda-roupas delas, o verão 15/16 promete ser dos looks total white. Tendência apresentada nas passarelas mundiais, as peças nas quais literalmente “deu branco” vão ganhar destaque no verão brasileiro, especialmente o recifense. Diretora criativa da grife pernambucana Marie Mercié, Mércia Moura que acabou de conferir as vitrines do verão europeu (que sempre repercute por aqui) diagnostica as peças tem-que-ter do guarda-roupa do mulherio: “Invista em peças de renda e de alfaiataria pois são atemporais e podem ficar até a próxima estação”, dá a dica. 

A empresária ainda sublinhou que vale investir também em itens com texturas como transparências, couro, linho e peças com verve geométrica e assimétrica, no melhor estilo sexy sem ser vulgar e me voy... “Além da estação mais quente do ano sugerir naturalmente leveza, ou seja, invariavelmente correr para o branco, esse ano, em especial, o branco também é a cor da moda”, finaliza.  O Hall Social mostra imagens exclusivas da novíssima coleção de Verão da marca especializada em camisas, túnicas e chemises que acabou de ser finalizada e em breve ganha as araras das lojas nos shoppings Recife e RioMar.

Para Usar e Abusar: Véu de Noiva

Luíza Tiné sab, 11/07/2015 - 17:26

Diante da quantidade de casamentos que toma conta do Recife, o publisher Ricardo Dehon, da Revista Véu & Grinalda, separou algumas dicas para quem vai subir ao altar e quer apostar no uso do véu. O acessório, hoje, é opcional, mas quando proposto sempre reforça aquele ar de romance e mistério. Existem vários modelos e cada um traz uma atmosfera diferente. O voilette, por exemplo, traz aquela pegada de volta no tempo, reforçando o conceito dos anos 50 dentro de ares mais chiques. “Também dentro dessa proposta mais clássica, temos o véu capela, delicado, exuberante e indicado para vestidos com modelo mais sequinho”, completa.
@
Para as noivas que desejam realizar o sonho do altar com toda a pompa e circunstância, a sugestão de Ricardo vai para o véu catedral, ou seja, bem extenso e com efeito dramático, como alguns especialistas consideram. Já o tipo ombro é o mais curto de todos. Também entre as versões reduzidas, temos a cotovelo e a mão, que alcançam essas partes do corpo como os próprios nomes sugerem. Por último, porém não menos importante, ainda é possível trocar o sim usando uma matilha, que geralmente é uma tradição familiar e passa de mãe para filha ou mesmo netas. A confecção é da cultura espanhola, com detalhes mais encorpados e dispensa o uso de acessórios para prendê-la.

Para usar e abusar: jóias arco-íris

Luíza Tiné sab, 04/07/2015 - 15:59

Os anos 70 inspiraram diversos segmentos, inclusive o joalheiro. Não à toa, a onda retro e seu brilho fashion está novamente em evidência por meio de joias que dialogam com a moda. A tendência psicodélica, por sua vez, principal representante da era disco, ressurgiu com pegada contemporânea e cheia de novidades. Kátia Gomes, empresária à frente da Pandora no Recife, explica que o mix de cores e texturas compõem um visual cheio de bossa e criatividade. Segundo ela, o exagero e a liberdade para experimentar novas composições, fazem parte do estilo, pois quanto mais cores melhor. Por isso, a dica para entrar no clima da década mais vibrante de todas, é investir em braceletes com charms bem coloridos e matérias-primas variadas a fim de compor um visual ao melhor estilo arco-íris fashion.

Para usar e abusar: macacão

Luíza Tiné sab, 27/06/2015 - 19:58

Peça única, que tem um charme exclusivo e singular. Assim podemos descrever o macacão. Tendência nos anos 60, depois de uma releitura de uniformes de operários, o item é curinga e tem sido um dos queridinhos quando o assunto é conforto e versatilidade. Nesta temporada, ele surge em vários shapes: ajustados, fluidos, estilo jardineira, compridos e curtinhos. Para a estilista Keila Benício, à frente da grife Blu K, o estilo além de moderno é sofisticado. “O item pode ser usado por todas as mulheres, tendo apenas algumas ressalvas. Para as que buscam alongar a silhueta, o macacão com cor mais escura, linhas verticais e com modelagem mais fluida é ideal”, comenta. “Já para quem tem pernas muito longas o mais indicado é escolher um modelo que tenha uma costura no quadril, pois assim cria uma silhueta mais harmônica, já que ‘corta’ o corpo”, complementa.
@
Segundo ela, este tipo de é ideal para aqueles dias de indecisão na hora de se vestir. Mas também é perfeito para quem busca um look incrível, sem grandes esforços. E se surgir dúvida na hora de combinar o acessório, Keila explica que vai depender do estilo de cada uma. “Se é uma pessoa mais moderna, vale apostar em acessórios grandes com desenhos gráficos; as românticas podem optar por peças mais retrô e as clássicas podem investir em sugestões de franja, em uma cor mais básica”, indica. Já para compor looks diurnos, a estilista garante que o melhor é investir em modelos fluidos, com cores e estampas.
@
No dia a dia, modelos curtos e soltinhos estão liberados. Sapatilhas, rasteirinhas e até mesmo o salto anabela são bem-vindos na hora de finalizar a produção. Já nas composições noturnas, Keila afirma que peças monocromáticas e com cortes assimétricos são as mais indicadas. Os tecidos mais nobres como crepe, seda, chiffon, renda, brilho, detalhes na gola ou decotes também deixam o look mais interessante e com um toque de glamour, ideais para eventos mais formais.

Para usar e abusar: Buquês

Luíza Tiné sab, 20/06/2015 - 15:00

O casamento é sempre um somatório de detalhes. São as pequenas atenções que dão todo o tom diferenciado à cerimônia e, claro, aos donos da ocasião. No caso da noiva, além do vestido, outro item é tão importante quanto: o buquê. Esse acessório soma forças ao visual dela, principalmente quando proposto de forma harmoniosa. De acordo com Eduarda Barros e Paola Muniz, do Atelier Buquê Design, é preciso um estudo para analisar a personalidade, os gostos, os traços do perfil e até a composição do vestido da noiva.
@
O acessório tem que ter o tamanho ideal, não pode ser muito grande, nem muito pequeno. Tal peça jamais pode ter um diâmetro que ultrapasse a cintura, pois esconde boa parte da beleza do vestido. “Também é importante saber o estilo da veste, se tem renda ou não, o peso desse material, afinal, isso também influencia na escolha das flores”, completa Paola. Ela ainda salienta que um vestido com muita renda, por exemplo, pede um buquê misturadinho com vários tipos de pétalas, que podem ser a partir de gipsófilas, angélicas, lisianthus, orquídeas denphales e faleanópolis.

Além do cuidado com o mix, o jeito de portar o acessório também precisa de atenção. “Muitas noivas entram na igreja parecendo estar segurando um pirulito. Com o arranjo na mão, deve-se apoiar pulso do na divisão da coxa, um pouco abaixo do ossinho do quadril para que ela possa colocar o braço para trás e não ficar com aquele braço dando mais firmeza em uma mão e deixando a outra tremendo”, reforça Paola.

Para Usar e Abusar: Normcore

Luíza Tiné sab, 13/06/2015 - 15:15

No final do ano passado, uma tendência começou a surgir nas ladeiras de São Francisco, nos Estados Unidos, libertando o universo da moda das peças, muitas vezes não usáveis, que apareciam nas passarelas: o normcore. Junção das palavras normal e hardcore, o estilo prega por uma moda fácil e despretensiosa que pode ser alcançada com itens básicos e confortáveis como o moletom, a camisa branca, um cardigã surradinho, tênis e até mesmo chinelos.
@
Inspirada pelo visual das séries americanas dos anos 90, como Friends, The 70’s Show e Seinfield, essa espécie de movimento anti-moda tem como premissa o “use o que te deixa confortável”. Porém, com um olhar apurado e uma mínima noção de estilo, peças que normalmente são usadas em casa criam um look cheio de personalidade sem precisar fazer uma superprodução. “Cada vez mais, as pessoas estão percebendo que é possível se vestir com conforto e de forma sustentável, combinando o jeans de todo dia com uma camisa mais estruturada ou um blazer folgadinho, criando um visual minimalista”, comenta a estilista Magna Coeli, nome à frente da Refazenda.
@
A paleta de cores também é fator decisivo na hora de mondar um look sem monotonia. Como as peças normalmente são lisas ou com pouquíssimas estampas, a cor predominante no visual deve ser muito bem escolhida. Para uma composição moderna, por exemplo, a dica é apostar nas sobreposições, com camisa básica ou de botão, top cropped e arrematar com um tênis esportivo. Já as mais românticas podem investir em um vestido simples com tecido de fibra natural e completar o look com uma rasteirinha. Básica ou sofisticada, a ideia é conseguir uma produção que preza pelo conforto.

Páginas

Pesquisa

Publicidade

Facebook

parabéns para

  • 23 Jun Karla Holanda
  • 23 Jun André Falcão
  • 23 Jun Érika Amorim
  • 24 Jun João Carlos Paes Mendonça
  • 25 Jun Antônio Campos
  • 25 Jun William Benício